Casa de areia

Estava ensaiando pra assistir esse filme há um tempão. Achei muito da hora quando vi o trailer no cinema, mas só assisti essa semana.

A história começa em 1910 ou por aí. Esposa e sogra são carregadas pelo marido para os cafundós do nordeste brasileiro, bem no meio das dunas mesmo. A moça está grávida e diz que não quer morar lá, então ela faz de tudo para sair de lá, mas muitas coisas acontecem. Tudo gira em torno de três gerações diferentes, todas feitas por Fernanda Torres e Fernanda Montenegro, então meio que a noção de tempo durante o filme é estranha de acompanhar.

É um filme paradão, 2h de duração, só que prende muito a atenção (óóhh, até rimou!!) para saber o que vai acontecer. Não é aquela história que sugere vários sentimentos diferentes, mas a relação entre seres humanos mesmo. A fotografia é linda, os atores são bons, a história é legal, mas é silêncio em uns 70% de filme. Quase não há diálogos e música, só lembro de 3. Vale a pena assistir, é uma perspectiva diferente do cinema brasileiro.

Ah, um filme muito parecido com esse é A Casa de Alice (foi exibido aqui em Houston), onde mostra o dia a dia de uma família na cidade de SP (até copo de requeijão com desenho o filme mostra).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: