International Conflict Resolution

Pois então, isso aí é o nome de uma conferência que aconteceu hoje em um campus do college que fica a 1h daqui.

Por livre e espontânea pressão, nós fomos obrigados a apresentar a mesma coisa que apresentamos na conferência de fevereiro. Maravilha. Eu amo fazer coisa que não quero. Fomos todos sem ensaiar, sem mudar nenhuma letra no PowerPoint.

Inicialmente, eu queria ir mesmo nessa conferência para participar. Os assunto é interessante, como resolver conflitos internacionais. Custava 20 dólares. Conversei com a Macarena e ela disse que me levava. Duas semanas depois me chega um email dizendo que a gente ia apresentar nessa conferência. Eu fiquei p da vida e respondi o email a altura. Ah, mew, o que custa perguntar se a gente queria apresentar ou não? Detesto gente que faz coisas com base em suposições e foi exatamente isso que aconteceu.

Alguém com um transporte estaria esperando por todos os 8 alunos hoje lá no college as 7h da manhã. Ótimo, estava eu lá sozinha na hora marcada. Achei meio estranho quando vi que só tinha uma limousine por perto, e não o ônibus branco costumeiro que a gente usa. Esperei uns 3 minutos e vi que o motorista estava com uma planilha na mão e eu perguntei se ele estava esperando 8 pessoas para ir até Tomball, e não é que a mardita limousine era para a gente?

Isso aí é dentro do carro.

Chegamos lá as 8h em ponto e eu fui pegar o programa para ver como estava a situação. Nem sabia em que horário a gente ia apresentar. Percebi que das 8h as 8h45 era só café da manhã. Eu não saio de casa sem tomar café, então fui dar uma volta pelo campus para ver como era. O lugar é bem bonito, tirei umas fotos e já coloquei no álbum. Foi a primeira vez que eu vi aqueles armários de escola que passa em filme, sabe?

A primeira apresentação foi sobre o papel de Community Colleges na contribuição para a paz nas sociedades. Beleza, o cara não falou nada de novo. Alfabetização, educação, envolvimento social, abertura de pensamento… blablabla. Boiei legal nessa apresentação.

Daí fui para outra que falava sobre o papel da China na nova economia. Pelo tema, pensei que seria aquela maravilha, né? Xé, foi nada. Nada contra quem tem essas características, mas eu juro que nunca vi todas essas em uma pessoa só: ruivo, calvo, vesgo,  alto, gordo, voz do Copa do Mário, calça jeans caindo toda hora, camisa mais amassada que saco de pão, piadinhas que só ele entendia, pausas de 10 segundos entre uma frase e outra, cuspe saindo pela boca a cada sílaba. Ah, mew, quem aguenta? Eu não conseguia prestar atenção nas coisas que ele falava!

Vou dedicar um post para a apresentação que assisti depois dessa.

Daí foi o almoço. Frango apimentado pra inferno, arroz zoado, salada, legumes, torta de chocolate, chá gelado. Belezinha, comi o que deu.

Daí foi a nossa apresentação, que até que foi de boa. Mas eu não fiz o menor esforço para apresentar direito.

Viemos embora na mesma limousine. Finalmente pude tomar banho quando cheguei, mas ainda estou com uma dor de cabeça do cão.

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Luciana
    abr 16, 2010 @ 20:54:57

    Isso é que é palestrante super xiki, vai de limousine!!

    Só estou imaginando a cena!! kkk

    Responder

  2. Vivian
    abr 19, 2010 @ 14:48:37

    Mardita ando de limosine??????????? Vai ser rabuda laaaaa em Caçapava rsss

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: