Tapete Vermelho

Assisti durante a semana enquanto almoçava 😛

Filme brasileiro que fala sobre o Vale do Paraíba em si. É a história de uma família (pai, mãe e filho) que moram em Formoso, interior de Minas Gerais. Familia beeem caipira mesmo, tradições, fala, casa, roupas, comidas, tudo é bem típico do interior do interior. O pai adora o Mazzaropi e fez uma promessa de levar o filho para assistir a algum filme do Mazzaropi no cinema. Quando está perto do aniversário do garoto, o pai decide sair pela Dutra para encontrar uma cidade que tenha um cinema para o filho assistir Mazzaropi. O transporte deles é um burro de carga e assim eles vão, só que como eles nunca saíram de casa, muita zoeira acontece… encontro com o capeta, briga com o delegado, macumba, etc.

O filme mostra a cultura da região e eles tomaram bastante cuidado para gravar cada cena em uma cidade diferente, até Caçapava aparece.

Eu achei muito legal esse filme, porque não é aquele coisa de fazer mundos de dinheiro, é uma questão de preservar o que a gente tem mesmo, sabe? Só fiquei morrendo de vontade de comer pão com manteiga molhado no café quando eu terminei de assistir :-/

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Luciana Monteiro
    mar 08, 2010 @ 06:55:09

    Parece ser um filme legal, vou assistir.

    Responder

  2. Tais
    mar 08, 2010 @ 11:49:27

    Tapete vermelho = Dutra ?

    Responder

  3. Tais
    mar 12, 2010 @ 16:31:08

    É de sangue? É o que? haiuai
    Vou ver o filme então, dude. Porque agora que me bateu esse negócio… “O que seria esse tapete vermelho?!”

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: