Rato no trem

Quando embarquei em Los Angeles eu vi que tinha um povo bem estranho embarcando também. Eles pareciam uma mistura de hippies com ciganos, só que não fediam. Todo mundo cheio de flor no cabelo, roupas estranhas, violão e um monte de mochila. Sem problemas.

Ontem por volta das 15h um dos caras chamou a moça do trem e disse que ele tinha perdido o rato. Reprodução da cena:

– Como assim um rato?

– Eu tenho um rato de estimação.

– E como você transporta ele?

– No meu pescoço.

A mulher fez uma cara de ”tadinho”, deu as costas e saiu.

– Ei, alguém viu um rato por aí?

Uma senhora com voz de caixa de música estragada:

– Um rato?

– É, um rato.

– Ele está vivo?

– Eu não carregaria um rato morto. Sim, está vivo.

– [Pausa tensa] Não, não vi.

Daí eu caí na risada, né. Eles foram embora sem encontrar o rato.

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Luciana
    jan 05, 2010 @ 07:25:40

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Quando li o título já pensei que até no trem os ratos te perseguiam.
    Mas a história foi ainda mais hilária!!!

    Carregar um rato no pescoço??? E ainda perder o rato???
    Fala sério né!

    Responder

  2. Nilson
    jan 05, 2010 @ 08:00:08

    Nicole, a encantadora de ratos…kkkkkkkkkk

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: