Início de viagem = Micos

Como o filme só terminou a meia noite, nós chegamos na casa da Claire por volta de 12h20a.m. Daí eu fui fazer o meu check-in online para o avião de hoje cedo, fui ver se estava tudo em ordem e dormi. Isso já era 1h da manhã. Acordei as 5h podre e com dor de cabeça, mas tinha que ir para o aeroporto.

No quarto onde fiquei tinha uma cama de casal super bem arrumada e eu fiquei com medo de zonear tudo e não conseguir arrumar de novo. Só desfiz metade, o lado onde eu dormi estava desarrumado e o outro lado ficou intacto. Como ontem a noite estava um frio congelante de 3 graus, acordei na mesma posição que deitei. Ou seja, não desarrumei nadinha na cama 😛 Foi fácil colocar tudo no lugar.

Tomei café da manhã com a Claire. Pão torrado com manteiga e café. Café de verdade, triturado na hora. Me decepcionei, não é gostoso.

Saímos de casa por volta de 6h15 e fomos para o aeroporto. Tudo escuro ainda. Cheguei no aeroporto as 7h e fui para a segurança, né. Pra que. Como eu não sou nada acostumada com aeroporto, paguei outro mico. Em qualquer segurança aqui todo mundo precisa tirar os sapatos, a blusa de frio e ficar com o mínimo possível. Tem que tirar tudo quanto é líquido e eletrônicos de todas as bolsas. Beleza. Peguei uma vasilha, coloquei meu tenis, minha blusa de frio e meus líquidos (shampoo, condicionador e tal). Peguei outra vasilha e coloquei meu laptop e minha mochila lá. A mala de mão foi em outra. Passei no detector de metais numa boa e fiquei lá esperando minhas coisas. Quando eu estou colocando o tênis no pé de novo, a fila parou e o segurança lá perguntando de quem era o laptop x. Novidade. Era meu, né. Fui lá e ele ficou olhando com aquele olho estranho e falou que o laptop tem que ir sozinho em uma vasilha separada. Beleza. Pedi desculpa e segui em frente.

Depois de colocar a blusa, o tênis, arrumar as coisas de novo e tal. Fui para o portão de embarque. Eu tinha lido que era o A28 da U.S. Airways. Cheguei lá… A26, A27, A29, A30… e eu fiquei com aquela cara de bunda me perguntando se era um daqueles portões do Harry Potter para chegar a Hogwarts. Sentei entre o 27 e o 29 e esperei. Peguei meu livro e comecei a ler. O meu embarque era para as 7h58. Deu 7h30 e ninguém anunciou meu voo e eu começei a ficar preocupada. Saí perguntando sobre o bendito portão A28 e ninguém sabia disso. Aí um ser lá na pqp falou que U.S. Airways era no outro lado do aeroporto. Lá fui eu para a maratona. Cheguei na U.S. Airways e decidi olhar no meu bilhete de embarque de novo. Que raiva de mim!! Era A18, não A28!!

OK. Fui uma das últimas a embarcar, mas deu tudo certo. Sentei na janela, mas estava tão sonolenta e cansada que dormi o voo todo. Fui para o outro aeroporto e meu outro voo estava marcado para as 11h08 e eu fiquei abismada quando olhei no meu relógio e era 11h32. Quando olhei no telão de informações, a hora local era 10h38 e me tranquilizei. Não sabia que em Phoenix era 1h a menos, pow! Fiquei impressionada com a quantidade de gente no aeroporto que ainda estava usando pijamas! Ok. Fui certinho para o portão de embarque e fiquei lá esperando. Sem problemas, dormi o voo todo.

Cheguei em Los Angeles as 11h25, horário daqui. Ou seja, 6h de diferença do Brasil. Aeroporto Internacional é uma bosta. Tudo grande, muita segurança, muita gente falando estranho, muita gente perdida e todo mundo sem noção. Como eu tinha que esperar a Débora chegar no terminar da American Airlines as 13h15, fui procurar onde ficava o bendito terminal. Depois de perguntar para 3 pessoas, uma moça me disse que eu teria que sair do aeroporto e pegar um ônibus que se chamava LOT A. Beleza, lá fui eu para fora do aeroporto. Passou LOT C, LOT B, LOT B, LOT B, LOT C, LOT C, LOT C e só então veio o bendito LOT A. Estava lotado, mas pelo menos era de graça. É um ônibus só para quem precisa ir de um terminal para outro. A moça do ônibus anuncia quais terminais estão chegando para o povo se preparar para descer. Ela falou o nome completo de todas as companhias, eu estava procurando pela American Airlines, e ela só falou American. Não saí do ônibus. Daí me toquei que era o ponto final e disse para o motorista que eu ia continuar no ônibus (com cara de bunda, lógico). Fui eu de novo dar mais uma volta de ônibus.

O voo da Débora estava adiantado, esperei um pouco e ela chegou. Ligamos para o motorista e chegamos aqui no hotel. Isso já era umas 15h.

Ufa!

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Luciana Monteiro
    dez 27, 2009 @ 13:16:14

    Pão torrado no café da manhã? E o tal de omelete ou ovo mexido com bacon? rsrs

    Três sustos na mesma manhã é dose heim? Primeiro sobre o portão de embarque e depois quase que perde a hora do voo!!! rsrsrs, mas até nisso a diferença de horário atrapalha heim? (ou ajuda!!!) E esse bus para levar de um Terminal para o outro? Fico imaginando o tamanho desse aeroporto!!

    Ok, ok. A saga do início da viagem já passou, agora é hora de aproveitar!!

    Cuidado para não perder muito dinheiro em Las Vegas, heim!?!?

    Responder

  2. Tais
    dez 27, 2009 @ 18:29:36

    Se fosse eu, ia pagar micos triplicados. Certeiza, mano! Hahahaha!
    Ow, aproveit aí! E faça dinheiro!!! 😀

    Responder

  3. mamãe
    dez 28, 2009 @ 16:20:06

    Tudo o que aconteceu é mico normal! O pior é o stress que isso causa…
    e só serve pra gente ficar cada vez mais esperta. E eu que joquei 1 dolar no cassino do cruzeiro?!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: