Jantar com os mentors

Ontem a noite todos os alunos do programa tiveram um jantar com cada mentor family aqui no College. Cada um deveria fazer uma apresentacao do seu pais antes do jantar e a minha apresentacao sobre o Brasil ate que ficou decente. No final da minha apresentacao, um cada perguntou por que eu nao comentei sobre o fado. Dai eu fui obrigada a dizer delicadamente que o fado ‘e de Portugal, nao do Brasil.

Como seria um jantar, eu fiz brigadeiro-sem-granulado para levar como sobremesa para o povo experimentar. So que tem um detalhe, foi a segunda vez que eu fiz brigadeiro na minha vida. Fiz um teste no domingo (essa foi a primeira vez) e nao deu certo, porque o negocio ficou mole. Ontem, ficou muito duro. Mas eu pensei ”whatever”, ninguem nunca comeu isso mesmo, o gosto esta igual, vamos que vamos!

E eu levei os amacadinhos de brigadeiro para o jantar, digo amacadinhos, porque nao consegui fazer as bolinhas 😛 Ficou gostoso, mas ficou grudento e sem granulado… o povo comeu e gostou. Pelo menos funcionou, nao posso reclamar.

O jantar foi bem organizado, tinha cerca de 20 pessoas, entre alunos, organizadores e families. Quem fez a comida foi o povo da cozinha do College, eles tem ate um chef aqui.

Quando eu entrei na sala onde seria o jantar, o cheiro estava uma maravilha, tinha cheiro de batata cozida e eu pensei que meu estomago ficaria bem, ne, nao tem como batata ficar ruim. OK.

Quando chegou a hora do jantar, eu sai perguntando o nome de todas as coisas, porque nao conhecia nada. Tinha carne cozinha, frango cozido, arroz cheio de coisa, feijao duro, um creme estranho de leite, molho de pimenta, um treco parecido com vinagrete, guacamole (!), queijo cheddar ralado, tortillas e brownie de sobremesa (+ os amacadinhos de brigadeiro). E eu fiquei me perguntando que raios tinha cheiro de batata cozinha, porque o cheiro era igual, mas nao tinha batata cozida ali.

Ok, peguei so um pouquinho de cada coisa para experimentar. Mew, na boa, a unica coisa que tinha algum gosto bom era o cheddar ralado. Eta povinho para cozinhar mal! Guacamole ‘e o cao, nunca mais como isso na minha vida. O arroz tinha gosto de barro. O feijao tinha gosto de barro. O creme de leite tinha gosto de leite azedo. O frango cozido so tinha pimenta e bota pimenta nisso. Ah, as tortillas tambem estavam boas, porque elas naturalmente nao tem gosto nenhum.

O problema ‘e que na mesa onde eu estava com a Macarena, todo mundo era americano e eles estao acostumados com esse tipo de comida. Mew, o povo falava: nossa, isso esta delicioso! E eu com aquela cara de bunda. Eu nao lembro o que eu fiz, mas misturei alguma coisa la que tinha gosto de azedo-estranho-estragado (nessa ordem) que quando desceu pela garganta eu senti vontade de vomitar. Ah, Jesus!!! Ontem foi o apice da comida estranha para mim. Sinto muito, mas comida americana ‘e o cao.

Quando eu cheguei no apartamento, perguntei para a Ebony o que ela achou e ela falou que nao terminou de comer, jogou no lixo. Nos tinhamos a mesma opiniao. Fiquei aliviada quando ouvi isso, pelo menos eu nao estou so no mundo da comida americana ruim.

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Gabriela
    set 01, 2009 @ 13:25:55

    Nossa Nicole!
    Não tem nada que pareça com a comida brasileira ai?
    Eu não ia aguentar comer essas coisas. Ia viver de Big Mac!
    ahuehaueha
    beijos

    Responder

  2. Tais
    set 02, 2009 @ 08:17:47

    Putz, esse negócio de comida aí é o que tá pegando! Você podia fazer um tópico só sobre os apuros culinários ae!

    Em 1 ano você vai voltar estranhando o pureza da comida do Brasil, haha!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: